Prorrogação e educação.

A Assembléia Legislativa do Paraná aprovou hoje o pedido do governador do estado, Beto Richa, que solicitava a prorrogação por um ano dos mandatos dos diretores de escola que foram eleitos e cujo período terminaria perto do início do ano que vem. Ganhou a eleição no primeiro turno, tem legitimidade para propor isso e esperar para ver se os deputados vão contrariá-lo…

Em Paranaguá o governo do estado e a Prefeitura Municipal não prorrogaram o tempo de vida da Escola Municipal Costa e Silva, instalada em terreno do governo do estado, segundo dizem.

E recentemente foi divulgada a informação de que a área de lazer mais importante da cidade, o Aeroparque finalmente receberá uma obra do governo do estado: a nova cadeia pública.

Entre rebeliões, greves e mortes nos presídios estaduais, com certeza essa obra em bairro residencial não resolve o anseio de Paranaguá que deseja ver a detenção criminal longe das casas dos cidadãos e de escolas.

A atual cadeia fica em frente à tradicional “escola do comércio” e a nova fica a poucos metros da Almirante Tamandaré.

Quem sabe até lá eles não fecham mais uma escola e constroem mais uma cadeia. Em 2015 o imóvel do Costa e Silva estará disponível… sem prorrogação de mandato.

Esta entrada foi publicada em Geral. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *